Já bebeu água hoje?

Entenda em 6 tópicos a importância dessa substância essencial em nossa vida

Sabemos que a água exerce um papel fundamental no equilíbrio do corpo humano, especialmente na regulação da temperatura do organismo e no transporte de oxigênio e nutrientes. Considerando-se que 60 por cento do peso corporal e 90 por cento do peso do cérebro são formados de água, é natural que uma hidratação adequada seja importantíssima para que o corpo e o cérebro funcionem corretamente.


Assim, listamos abaixo algumas das principais funções desse líquido tão precioso para uma boa saúde.


1. Regulação da temperatura corporal

Como o corpo elimina água através do suor em atividades físicas ou em ambientes quentes, é essencial que se mantenha a sua temperatura estável. O papel do suor é esfriar o corpo, mas se você não repõe a água que é eliminada, há uma perda de eletrólitos e plasma e sua temperatura acaba aumentando. O corpo humano não tem um sistema de armazenamento de água, e é por isso que perdemos água constantemente na respiração, no suor, na urina e nas fezes. Para evitar a desidratação, deve-se tomar bastante água e regularmente para assegurar que seu corpo permaneça equilibrado, principalmente quem tende a suar mais que o comum.


2. Transporte e absorção de nutrientes

Um dos argumentos mais conhecidos é o de que os líquidos diluem o ácido estomacal e as enzimas digestivas, dificultando o processo de digestão. Mas segundo especialistas, a ingestão de líquidos antes, durante e depois das refeições ajuda o corpo a quebrar os alimentos para serem melhor absorvidos, ao contrário da crença popular. Os alimentos são digeridos mais facilmente, e a água ainda amolece as fezes, auxiliando a prevenir a constipação e a sensação de barriga inchada. Além disso, exerce o importante papel de dissolver as vitaminas, minerais e outros nutrientes, transportando esses componentes para o resto do corpo.


3. Detoxificação

Um terceiro ponto não menos importante é que a água permite que as toxinas presentes no organismo circulem mais depressa e sejam eliminadas mais facilmente. Como os rins também são responsáveis pela filtragem dessas toxinas e excretas, beber uma quantidade adequada de água por dia otimiza as funções desses órgãos e ajuda a prevenir a formação de cálculos renais e infecções urinárias. E inclusive a pele fica mais hidratada, limpa e rejuvenescida, o que também tem a ver com um aumento na produção de colágeno.


4. Lubrificação de juntas e músculos

Dores nas juntas podem estar relacionadas a um mau funcionamento do líquido sinovial, responsável por reduzir o atrito entre as articulações e transportar nutrientes para a cartilagem articular. Por se tratar de um líquido constituído principalmente de água, a desidratação crônica pode levar a dores e inflamações. Além disso, a hidratação é essencial para que os músculos sejam lubrificados e se contraiam corretamente.


5. Mais energia e disposição física e mental

A água ajuda a ativar o metabolismo, levando a um aumento na energia e na circulação de nutrientes e oxigênio para todo o corpo, inclusive para as células musculares. Não só isso aumenta a disposição física como auxilia nas funções cognitivas, já que a desidratação pode afetar de forma negativa a atenção, a memória, o humor, a coordenação motora e o rendimento intelectual, gerando cansaço e ansiedade.


6. Perda de peso

Por fim, a água pode ser uma ferramenta bem útil para quem pretende perder peso. Depois que bebemos água, o nosso metabolismo se acelera e ficamos com a sensação de que estamos cheios por mais tempo, e isso engana o corpo a pensar que estamos sem fome. Ou seja, suprime o apetite sem nenhuma caloria extra e ainda limpa o organismo de toxinas e excretas, além de evitar a retenção de líquidos.


Mas é essencial que se tenha em mente a quantidade diária ideal de água para uma boa saúde. Um relatório da National Academies of Sciences, Engineering, and Medicine dos Estados Unidos recomenda que mulheres consumam uma média de 2,7 litros de água e homens em torno de 3,7 litros por dia (no total de bebidas e alimentos). Já um cálculo bem simples é considerar uma média ideal de 35 ml de água para quilo de peso corporal, bastando multiplicar o seu peso em quilos por 35 para obter a quantidade de água ideal por dia. Claro que esse valor é apenas uma aproximação, já que atletas deverão tomar mais para se hidratar. A sede e uma cor mais escura da urina podem ser também outras maneiras eficazes de se medir a desidratação.

■ Por Carlos Magalhães

Mestre em Jornalismo.

Dra. Jacqueline Renault • Todos os direitos reservado • 2020 • Site criado por RG